Crônicas, Amor & Sexo

Quando Acaba

quando a relação acaba

Quando acaba… Ah, quando acaba! Começamos a ver tudo com outros olhos. Pra começar, a vista fica emaranhada pelas lágrimas. Sentimos aquela dor que vimos alguma amiga ou amigo passar quando levou um pé ou precisou terminar, que achávamos que era besteira. Aquela mesma dor de quando se perde o primeiro bichinho de estimação, quando achávamos que esse dia nunca chegaria e que ele ficaria com a gente até termos nossa própria casa. Aquela dor que ninguém tira de nós, por melhor que seja a piada, por mais verdadeira que seja a intenção e por maior que seja o apoio.

Começamos a repensar cada detalhe do relacionamento: nossas palavras, ações, passos, decisões, escolhas… Repensamos cada desentendimento e sentimos aquele aperto por não os ter evitado, porque foram eles, entre outras tantas situações, que nos trouxeram até aqui. Eles, os pequenos bate-bocas, os pequenos surtos por coisas poucas, as birras por puro mimo, as atitudes impulsivas e até a falta delas, por simples receio.

E por mais embaçada que a vista esteja, conseguimos ver o quanto erramos por besteiras. Descobrimos que o amor machuca, mais do que a gente supunha. Sempre achamos que somos diferentes dos outros e que nosso amor vai “além de tudo” e “apesar das brigas”. Mas, quando acaba, aprendemos que somos todos iguais. Até achamos que com a nossa relação seria diferente; mas na verdade, toda relação precisa das mesmas três coisas (das quais alguma nos faltou, infelizmente) pra perdurar: paciência, confiança e amor.

Quando acaba, a vontade de voltar atrás, reviver cada segundo e ajustar nossos passos é maior que a saudade. Quando acaba, a gente reflete como deveria ter feito há meses atrás. Quando acaba, ter aprendido a amar mais cedo é nosso maior desejo.

20 anos. Gaúcha, webwriter e futura publicitária. Louca por desafios, intensa e impaciente. Ama muito, odeia muito. Às vezes, ao mesmo tempo. Acredita que o amor, principalmente o próprio, supera tudo. | Instagram: @brutesch

Posts relacionados

Ei, Não Seja Uma “Mulher Para Casar” Isso mesmo que você leu: não seja a clichê mulher para casar. Sabe por quê? Porque a mulher para casar é aquela que faz tudo que a sociedade patriar...
Tão Distantes, Mas Tão Próximos E se existisse uma forma da gente saber quando um pensa do outro? Bip: Ela chorou no banho porque lembrou das brincadeiras de vocês debaixo do chuvei...
Não é Sobre O Que Parece, É Sobre o Que Significa... Não deveria ser sobre o que parece. E sim sobre o que realmente significa. Dizem que quando estamos perto não conseguimos ver as coisas bem. Será verd...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *