Dicas Para Assistir

O que podemos aprender com a serie GIRLBOSS?

Olá,  Gurias do meu coração.
Sabe que vou falar hoje? Bom, o título já diz tudo. HAHA!

Fonte: Starving

Essa série – linda e maravilhosa – produzida pela Netflix  que veio assim, Pá! E dá um tapa na nossa cara e diz: Guria, bora fazer uma coisa que tu ama. Sim, só vi uma temporada – porque só tem uma temporada disponível mesmo – e já estou apaixonada por essa história. Obviamente, como toda série, tem seu lado ruim, essa também tem. A personagem, as vezes me dá muita raiva, por ser muito mimada e arrogante, porém, toda via e entre tanto, no lado de empreendedorismo, ela tem algo a nos ensinar.

Sinopse da série GIRLBOSS

Para quem não conhece, a GIRLBOSS é uma série nova e original da Netflix que é baseada em fatos reais, a serie aborda a construção da Nasty Gal, uma marca milionária que saiu do nada até se tornar um império de moda mundial – porém, faliu. Tudo construído pelas mãos de Sophia Amoruso, uma guria mimada e um pouco arrogante, no qual passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal.

Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso!

O que aprendemos com a GIRLBOSS?

Fonte: Netflix

Bom, para quem não viu a série já vai ficar sabendo que ela é bem inspiradora para quem quer assumir seu próprio negócio. Para quem já assistiu mil vezes como eu, vai concordar comigo nos itens listados abaixo:

#1 Ponha sua ideia em prática

Se tu tem uma ideia e acha que vai dar certo, ponha em prática, acredite no seu instinto. O máximo que pode acontecer, é não dar certo. Mas, pode dar muito certo!

#2 Faça diferente da concorrência

Conheça o seu público alvo e ame o que você faz. Na série, Sophia afirmava não ter um negócio e sim, um sonho, um estilo de vida. Para ela, era muito mais do que vender roupas, ela ajudava as clientes a se sentirem maravilhosas.

#3 Faça cada cliente se sentir especial e único.

Sophia humanizava a marca, enviando bilhetinhos escritos à mão junto das roupas e, nas redes sociais, tinha um estilo todo especial de se relacionar com o público.

#4 Cuida das imagens

Cuide da imagem que você quer que sua marca passe para seus clientes e principalmente cuide das imagens dos seus produtos. Sophia tinha bastante cuidado com as fotos e as imagens que a Nasty Gal postava, sempre respeitava o estilo de ser da marca.

#5 Os detalhes fazem a diferença

Os pequenos detalhes são importantes e podem construir ou destruir um negócio. Sophia fazia uma seleção criteriosa dos produtos e pessoalmente customizava as peças. Cara, e o melhor, todas as peças eram de brechó. Ela lucrava para caralho.

#6 Seja transparente com seu cliente

Nenhuma marca se sustenta sem credibilidade e uma boa reputação. Dentre as várias falhas e dificuldades trazidas pela série, esse foi o grande problema da Nasty Gal. Ela vendia umas roupas falsas, iludindo as consumidoras.

#7 Não desista

Mesmo que tudo esteja dando errado, mesmo que as pessoas riem da tua ideia, mesmo que todos falem que você não é capaz, não se concentre no problema e sim na solução. Sophia chegou até perder sua conta no eBay, mas foi só por isso que ela pensou em criar seu próprio e-commerce.

Se tu já não assistiu a série ainda, conecte no Netflix e assiste! Para quem já assistiu, comenta ai o que tu aprendeu com ela. Beijos seus lindos!

 

Gaúcha de 26 anos, fundadora do Blog No Papo Das Gurias. Graduada em Marketing (SENAC-RS) e formada em TI. Um pouco nerd, mas adoro esmaltes, maquiagens, moda e principalmente, marketing digital. Sou muito curiosa e viciada em internet! 🙂

♡ Instragram: @pamela_noschang ♡ Twitter: @PamelaNoschang ♡ Fan page: pamelaoliveiranoschang

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *