Dicas Para Ouvir Empoderamento Feminino

Girl Power: O Que É + Playlist de Empoderamento Feminino

Você já deve ter percebido que com o movimento feminista ganhando cada vez mais força, em sua chamada quarta onda, o termo GIRL POWER tem sido usado, cada vez mais, em tudo que é canto. Mas, nem todas sabem o que significa.




Pra evitar que Girl Power vire apenas moda, você PRECISA saber um pouquinho da causa, de onde vem e por que. Só assim, o termo deixa de ser moda e exerce seu papel de EMPODERAMENTO!

O que significa Girl Power?

Esse termo e posicionamento não é de agora. Ele “surgiu” lá na década de 90 com as Spice Girls. Por que eu usei aspas ao falar que surgiu com elas? Porque existe uma baita discussão sobre isso.

Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest

Enquanto muitos defenderam e ainda defendem o grupo, muitos acusaram as Spice Girls de apenas fazerem uma versão água morna e comercializada de um estilo já construído por precursoras como Madonna e o movimento Riot Grrrl (festivais e bandas de feminismo do estilo hardcore punk, rock, grunge e indie rock, no início de 1990), da terceira onda feminista. Mas, essa é uma outra (e complexa) discussão.

Voltando ao significado de Girl Power, esse termo diz respeito a nada mais do que o empoderamento das garotas: garotas de poder! Elas falam o que pensam, fazem o que querem e causam por onde passam justamente por exercerem seus direitos e sua liberdade, contrariando a quem tiverem de contrariar.

Imagem: Um Pé No Chão Basta
Imagem: Um Pé No Chão Basta

Esse ano foi O ANO GIRL POWER. Usando a Internet, nós – corajosas, poderosas e feministas – nos unimos e causamos dentro e fora dela. Fizemos muito escândalo e denunciamos, não ficamos quietas aos comentários e comportamento machistas nem dos familiares próximos (desculpe vovó, vovô e papais, but NÃO SOU OBRIGADA).

Além disso, muitas famosas aderiram ao posicionamento. Entre as estrelas sensações estão Demi Lovato, Miley Cyrus, Anitt, Angelina Jollie, Beyoncé e váaaaarias outras. A questão é que elas contribuíram muito para a visibilidade e popularização do termo\posicionamento.

Playlist Girl Power

Para fechar o post, separei algumas músicas (não só das famosas) que merecem uma atenção especial e estar no sua playlist porque são Girl Power e inspiram! ❤

1 # Toda boa (Zá)

Genteeeeeeeeeeee, amooooooo essa música!!! ❤ Ela fala por si só. Escutem, prestem atenção na letra. 😉

“Nossa força só vai crescer. Não vai adiantar tentar nos ofender. O que resta agora é nosso poder. Abre o caminho que a gente cansou de obedecer!”

2# Flawless – Beyoncé

“Ensinamos as meninas a se encolherem para se tornarem ainda mais pequenas. Dizemos para as meninas “Você pode ter ambição, mas não muita. Você deve ansiar para ser bem sucedida, mas não muito bem sucedida. Caso contrário, você vai ameaçar o homem”. […] O casamento pode ser uma fonte de alegria, amor e apoio mútuo. Mas por que ensinamos as meninas a ansiar ao casamento e não ensinamos a mesma coisa para os meninos?”

3# Independent Woman – Beyoncé

“Pergunta: me diga o que você pensa sobre mim. Eu compro meus própios diamantes e compro meus própios aneis. Seu celular só toca quando estou me sentindo só. Quando isso tudo acabar, por favor, levante – se e vá embora. Pergunta: me diga com se sente. Tenta me controlar, garoto você está demitido. Pago minha própria diversão e pago minhas próprias contas.”

4 # Tombei (Karol Conka)

“Se é pra entender o recado, então bota esse som no talo. Mas vem sem cantar de galo, que eu não vou admitir. […] Causando um tombamento, também tô carregada de argumento. Seu discurso não convence, só lamento. Segura a onda, se não ficará ao relento.”

5 # A louca (Manuela Tecchio)

“Ando cansado dessa moça que agora deu pra reclamar. Tá achando ruim lavar a louça e ainda quer se sustentar. Ela tá achando que eu sou trouxa. Se namorando no espelho de roupa que não cobre as “coxa’’, sorrindo de batom vermelho.”

E ai meninas? O que acharam? Tem outras músicas Girl Power que conheçam? Comentem! 😉

20 anos. Gaúcha, webwriter e futura publicitária. Louca por desafios, intensa e impaciente. Ama muito, odeia muito. Às vezes, ao mesmo tempo. Acredita que o amor, principalmente o próprio, supera tudo. |
Instagram: @brutesch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *