Crônicas, Amor & Sexo

Deixe Ir e Vá Embora Também

Passamos tanto tempo pensando no que perdemos – e nos agarramos tanto nisso – que não deixamos as pessoas irem embora para serem o que realmente querem ou merecem ser. Temos a mania de achar que tudo tem que ser estático, tudo tem que ficar no exato lugar onde está.

Tudo bem. A mudança assusta mesmo. Mas, ela é essencial para que evoluamos e faz parte da vida. Se estamos felizes como, onde e com quem estamos, que ótimo. Mas, não dá para esquecer que existe alguém do outro lado. E se essa pessoa quiser ir?

Deixe ir. Não a agarre com todas as forças. Não implore para que fique. Sofra, chore, mas nunca, jamais, se martirize por isso. Não assuma uma culpa que não é sua, de uma escolha que não foi você que fez.

Deixe ir. Não adianta insistir para que alguém fique quando quer se mudar da gente. Essa é nossa primeira reação, pois estamos com medo: medo do que vamos ser ou sentir sozinhos, medo de que a pessoa encontre a felicidade longe da gente (e isso realmente acontece), medo de que a gente fique no mesmo lugar. Mas, o máximo que você conseguirá será adiar uma partida inevitável.

Então, enfrente essa guerra com você mesmo e deixe ir. Porque a escolha do outro não é sua e, se a pessoa escolheu ir, acredite: na verdade, ela já partiu faz tempo. E não tem nada pior que estar com alguém que, no fim das contas, não está ali.

Deixe ir e vá embora também. Permita-se encontrar novas primeiras vezes, novas amizades, novos lugares, novos começos. Gaste seu tempo e sua energia desbravando outros sabores, corações, corpos.

Você verá que essa é sua melhor alternativa.  E, eu juro, vai chegar o momento em que verá e sentirá como tudo é mágico, com ou sem alguém do seu lado. Você não vai mais depender das idas e vindas de alguém para ser feliz. Vai se libertar de tudo a que fez questão de se prender. E você se sentirá melhor do que nunca. Terá se apaixonado por você e pela vida, acima de tudo.

Então, deixe ir. Abra um espaço para que coisas melhores venham e para que você descubra que tem em si tudo o que sempre precisou.

20 anos. Gaúcha, webwriter e futura publicitária. Louca por desafios, intensa e impaciente. Ama muito, odeia muito. Às vezes, ao mesmo tempo. Acredita que o amor, principalmente o próprio, supera tudo. |
Instagram: @brutesch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *